, , , ,

Saiba da importância de ter um site responsivo para seu negócio

Responsividade em dispositivos móveis

Imagine um smartphone com tela menor do que cinco polegadas tentando visualizar um site da web da mesma maneira que ele é visto na tela do computador. Não parece nada confortável ter que ficar trabalhando com zoom e scroll repetidas vezes para poder acompanhar o conteúdo, não é mesmo?

Por que ter um site responsivo?

Hoje, o mobile é uma realidade tão grande quanto o próprio desktop. Segundo dados de 2018 do IBGE, 69% dos brasileiros já têm acesso à internet via dispositivos móveis, enquanto os computadores contam com uma porcentagem de 38,8% de usuários no país. A cada ano que passa, cresce o número de domicílios conectados por mobile e cai o de desktops.

Se você é dono de seu próprio negócio, tem um blog ou e-commerce, contar com um site responsivo já é praticamente uma obrigação. Se seus usuários decidirem acessar sua página via mobile e ela não for otimizada, existe — segundo o Think With Google — 61% de chances de que eles simplesmente o deixem de lado devido à má experiência que você está proporcionando.

A experiência do usuário é importante

A usabilidade é um dos grandes pilares da experiência do usuário. Eu sempre digo que de nada adianta você desenvolver um site belíssimo, inovador e esteticamente atrativo se deixar de lado a portabilidade. Coloque-se no lugar de seu usuário e pense: o que você faz quando acessa via celular uma página que não é responsiva?

O Google favorece sites responsivos

Se você tem um site, com certeza quer que ele apareça nos primeiros resultados dos buscadores, certo? Bom, saiba que o Google favorece aquelas páginas que são responsivas, dando alguns pontinhos a mais no score e fazendo-as subir na lista e, consequentemente, aumentando o tráfego orgânico.

Quando a pesquisa está sendo feita via dispositivos móveis a preferência dos buscadores é ainda maior.

 

Nós, da Güte, desenvolvemos 100% dos sites de forma responsiva assim, a experiência do usuário será muito melhor quando o acesso for feito à partir de um dispositivo mobile. Vem com a gente!

Fonte: br.godaddy.com – Nadjine Terhoch

, , ,

E-consumidor da Região Metropolitana de Ribeirão Preto cresce

O e-commerce representa um importante pilar da economia brasileira, com previsão de faturar quase R$ 80 bilhões em 2019, e Ribeirão Preto já é a 16ª que mais compra pela internet.

Segundo dados do relatório E-consumidor da Região Metropolitana de Ribeirão Preto

realizado pelo ComEcomm (Comitê de Líderes de E-commerce), grande parte da população economicamente ativa da região compra com frequência pela internet (93% dos entrevistados).Constata-se que o ato de pesquisar na internet antes de comprar numa loja física corresponde a 92% dos consumidores.

Outro dado é que 80% da população prefere comprar pela Internet do que ir na loja física, e adentrando outras perguntas do formulário é possível traçar estratégias pelos lojistas da região para poder conquistar esses consumidores, quais as expectativas e preferências para não deixar esse faturamento ir para um concorrente de outra região ou daqui mesmo.

Fonte: abcomm.org

, , ,

A importância de criar um site para a sua empresa

A importância de um site está na visibilidade que ele traz para empresa, permitindo um maior alcance do negócio para o seu público alvo. Exibindo as informações mais relevantes sobre empresa, o site age  como uma vitrine do negócio, sendo o primeiro contato para muitos clientes em potencial.

Independente do tamanho da empresa ou do segmento de negócio, ter uma página na web essencial para criar uma presença na web e valorizar a sua marca. É difícil pensar em uma marca bem sucedida que não tenha um site na internet, não é mesmo?

Neste artigo, você vai entender a importância de ter um site, e conhecer as vantagens que uma presença na web pode trazer para você e a sua empresas. Vamos lá?

Quais as vantagens de ter um site em relação à rede social?

Há quem pense que as redes sociais são o suficiente para criar uma presença online e interagir com a audiência, mas comparadas com um site, elas são plataformas limitadas. No entanto, isso não quer dizer que elas não tenham utilidade, muito pelo contrário, elas servem como ferramentas de apoio para o site.

Um site promove sua empresa 24 horas por dia, 7 dias por semana. Nenhum funcionário é capaz de fazer isso.

Para ter uma ideia da importância de um site, considere vantagens, como:

  • Credibilidade – um endereço na web fortalece a sua marca;
  • Visibilidade – ajuda a trazer mais visibilidade para sua marca;
  • SEO – permite que seu negócio seja encontrado com mais facilidade;
  • Mais vendas – possibilita técnicas de vendas personalizadas;
  • Métricas avançadas – permite que você entenda melhor o perfil dos seus clientes;
  • Publicidade – oferece flexibilidade na divulgação da empresa;
  • Personalização – liberdade para personalizar a página livremente;
  • Comunicação – disponibiliza várias formas de comunicação com os visitantes;
  • Baixo custo – um site pode sair bem barato ou até de graça.

O site é a vitrine do seu negócio, ele exibe o que você quer que sua audiência veja, exatamente do jeito que você quer. Um site permite que você apresente a sua empresa, com as informações mais relevantes do seu negócio e cause uma boa impressão para os visitantes.

A rede social serve como um instrumento para facilitar o compartilhamento, proporcionando maior engajamento e interação dos usuários do seu site. Se você tiver um blog no seu site, por exemplo, você pode usar as redes sociais para compartilhar seus artigos e alcançar mais pessoas interessadas no seu negócio.

Credibilidade e fortalecimento da marca

Todas as empresas e marcas de renome reconhecem a importância de um site. É difícil encontrar um negócio bem estabelecido que não invista numa presença online. Um dos motivos disso está na credibilidade que um site traz para a marca, facilitando o acesso através do seu endereço online.

Com o crescente acesso à tecnologia, as pessoas estão constantemente na internet, buscando novas experiências, soluções para os seus problemas, produtos e serviços. Assim, deixando de ter um site, a empresa não só dificulta o acesso para essas pessoas, como também passa a impressão de ser ultrapassada.

Mais visibilidade para seu negócio

Um site traz mais possibilidades para desenvolver a parte de marketing digital na sua empresa, aumentando o alcance do seu negócio para diferentes audiências. Uma estratégia bastante utilizada é a de marketing de conteúdo, em que o conteúdo que é produzido para o site aumenta sua visibilidade e alcance.

Um site é a vitrine para o seu negócio, o seu recurso mais importante.

É comum ver esse tipo de estratégia aplicada em sites de credibilidade em forma de blog. Além da importância do site como uma página inicial, que serve como uma vitrine para a empresa, há também a possibilidade trazer de novidades ou artigos relevantes para o público alvo da empresa, trazendo mais visibilidade para o negócio.

Seja encontrado online no Google

Fazer uma pesquisa na internet antes de tomar uma decisão, comprar um produto ou contratar um serviço, é algo muito comum nos dias de hoje. E a forma mais prática de fazer essa pesquisa é usando um mecanismo de busca, como o Google – o principal de busca na internet.

O Google é o site mais acessado na internet, a ferramenta que a grande maioria das pessoas recorre para tirar dúvidas ou resolver problemas. Com um site, é possível investir numa estratégia de otimização SEO (Search Engine Optimization), fazendo com que seu site seja encontrado com maior facilidade na Internet.

Aumento vendas e conversões

Com o site, você consegue promover melhor os seus produtos ou serviços, pois você pode definir exatamente o que deve ser apresentado na página. Tendo controle total da experiência que os visitantes têm ao acessar sua página, as chances de conseguir novos clientes e fazer novas vendas aumentam.

Ao criar um site de vendas, por exemplo, você pode criar uma página personalizada de acordo com as necessidades dos visitantes. Um site que traz um formulário para orçamento ou um chat ao vivo para auxiliar o visitante facilita a interação com e, consequentemente, a concretização de um negócio.

Acesso a métricas avançadas

Para quem quer entender melhor o público alvo, conhecer os visitantes e torná-los clientes, um site integrado com ferramentas de análise de dados pode ser a solução. Um site permite a integração com diversas ferramentas, como Google Analytics, que ajudam a entender comportamento dos usuários do seu site.

As métricas obtidas com esse tipo de integração observam o comportamento do visitante desde o momento que ele acessa o seu site, acompanhando todas as suas ações. Isso deixa clara a importância de um site, pois permite que você identifique o que pode ser melhorado na sua página e tenha mais resultados.

Liberdade de personalização

Uma das principais vantagens de ter um site – principalmente quando comparado com uma rede social –, está no nível de personalização que pode ser obtido. Num site, não há um limite para o que pode ser feito ou customizado, é possível criar um site com estilo que você quiser.

Dessa forma, um site bem personalizado consegue oferecer uma experiência diferenciada para o visitante.

Interação com clientes

Um bom relacionamento com o cliente é importante para qualquer negócio, e um site traz ferramentas para melhorar a comunicação. Com um site, é possível criar uma área para receber o feedback dos visitantes, como críticas e sugestões, mostrando que a empresa está interessada na satisfação dos clientes.

A depender do tipo de negócio, pode ser interessante exibir depoimentos dos clientes ou casos de sucesso. Além disso, ter testemunhos desse tipo causa uma boa impressão para quem nunca ouviu falar do produto ou serviço. Assim, quem visitar o seu site terá exemplos das vantagens que a sua empresa apresenta.

 

Fonte: www.melhorhospedagemdesites.com

, ,

Como ganhar dinheiro com loja virtual?

e-Commerce

Como ganhar dinheiro com loja virtual é o sonho de 8 em cada 10 leads (potenciais clientes) da agência de Marketing DigitalGeração Interativa. Por isso, neste post, nós vamos lhe mostrar como fazer isso.

Em primeiro lugar, é preciso que saiba que antes de ganhar alguma grana no comércio eletrônico, você terá que investir tempo, esforço e dinheiro na construção do seu império e-commerce.

Logo, há basicamente dois tipos de investimentos financeiros necessários para iniciar a sua loja virtual. São eles os gastos com a montagem e com a manutenção. Nós já abordamos esses assuntos nos artigos:

• Quanto custa montar uma loja virtual ?

• Quanto custa manter uma loja virtual ?

Uma vez que a criação de loja virtual e sua administração ao longo do tempo estejam em pleno curso, você precisa pensar em recuperar o investimento de montagem e cobrir os custos de manutenção(tais como os dos gastos com o serviço de links patrocinados de uma agência de Marketing Digital , por exemplo) para começar a obter lucro.

Para fazer isso, vai ser necessário ajustar os preços dos seus e-produtos cientificamente. Isso evitará erros que poderão comprometer o pagamento dos custos, reduzir seu lucro, lhe dar prejuízo e até levar sua loja virtual à falência .

Mas como se demarca cientificamente o preço dos seus e-produtos? Isso pode ser feito por meio de ferramentas como a Mark-Up, com a qual é possível somar todas as suas despesas e seu lucro para definir o preço de venda.

A Mark-Up conta com uma fórmula simples e de fácil entendimento. Na página 90 do e-book grátis do Sebrae “Como definir o preço de venda no comércio ” é possível acessar a fórmula comentada.

O Sebrae também oferece gratuitamente a ferramenta “Prazo de Retorno do Investimento ” (PRI), que permite calcular em quanto tempo será possível recuperar o dinheiro que usou para abrir a sua loja virtual.

Sonho da maioria dos potenciais clientes da agência de Marketing Digital Geração Interativa, ganhar dinheiro com loja virtualnão é algo tão fácil, mas se você tiver as ferramentas certas, poderá ir mais longe do que imagina!

, ,

Quanto custa montar uma loja virtual?

Quanto custa montar uma loja virtual? Você saberia dizer quanto uma agência de Marketing Digital cobra para fazer este serviço? É o que responderemos para você neste artigo.

Montar um site e-commerce requer menos dinheiro do que montar uma loja física e ainda lhe abre as portas para um negócio muito mais amplo!

Nós separamos os custos de montagem em três tipos, que são os projetos feitos para pequenas, médias e grandes empresas, as quais possuem demandas diferentes. Acompanhe:

• Projetos pequenos

Indicados para pequenos empreendedores e pequenas empresas que procuram os primeiros espaços ou brechas no mercado, os pequenos projetos de criação de loja virtual vêm com funcionalidades básicas de usabilidade, design e segurança. A faixa de preço para implantação vai de R$ 6 mil a até R$ 30 mil.

• Projetos médios

Indicados para médias empresas que já têm um espaço no mercado, mas que agora querem expandir. Eles requerem, além do básico, mais segurança e escalabilidade para sustentar um crescimento rápido. Uma agência de Marketing Digital pode cobrar entre R$ 30 mil e R$ 60 mil em projetos desse porte.

• Projetos grandes

Indicados para multinacionais que precisam de alto nível de sofisticação para superar concorrentes que também são multinacionais. Tal sofisticação passa pelo design, programação, conteúdo, gerenciamento e outras dezenas de parâmetros. A criação de um projeto assim requer no mínimo R$ 60 mil.

A princípio, o preço da criação de loja virtual cobrado por uma agência de Marketing Digital pode parecer alto, no entanto, ele é relativamente baixo quando comparado, por exemplo, com a construção ou com o aluguel de um galpão para uma loja física. Além disso, um e-commerce gera outros benefícios, tais como os que você poderá ler no artigo “7 vantagens de uma loja virtual”.

Fonte: http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/quanto-custa-ma-loja-virtual.html