, ,

O que são Leads e por que você deve trabalhar com essa estratégia?

Um dos principais objetivos de uma estratégia de marketing digital é gerar contatos capazes de se transformarem em clientes. Leads são maneiras de qualificar esses contatos, e uma gestão eficiente é essencial para alcance de metas. Não à toa, o termo “gestão de leads” se tornou um verdadeiro mantra entre profissionais de marketing.

Ter uma compreensão aprofundada a respeito do comportamento da persona da sua empresa e do nicho de mercado em questão é fundamental para o sucesso de estratégias de comunicação. Entender a jornada de compra do consumidor implica na criação de campanhas e ações voltadas especificamentes para o que o lead deseja. Afinal, Inbound Marketing tem como missão entregar conteúdo e informação certos para a pessoa ideal e no momento em que ela mais precisa!

Saiba porque você deve focar em gestão de leads para maximizar suas oportunidades de negócio!

O que são leads?

Leads nada mais são do que uma pessoa que forneceu dados de contato como nome, e-mail, celular etc. em troca de algo que um site pode oferecer, como conteúdo relevante, testes gratuitos de ferramentas, dentre outros.

Um lead é um visitante que demonstra interesse nos seus serviços ou produtos, e que certamente pode passar de um simples “curioso” para cliente de fato. Existem vários níveis na jornada de compra, e ter em mente que nem sempre aqueles que já decidiram comprar devem ser o centro das atenções!

Qual a importância dos leads para o funil de vendas?

O funil de vendas ou pipeline representa as 3 etapas que o lead percorre, desde o primeiro contato com a empresa até a compra: topo de funil (aprendizado e descoberta), meio de funil (reconhecimento de problema/consideração de solução) e fundo de funil (decisão de compra).

Para que a estratégia de Inbound Marketing seja bem-sucedida e não acabe se  tornando spammer, oferecendo produtos e serviços para todos os leads sem qualificá-los, é preciso entender em que etapa eles se encontram. Assim, você entregará o conteúdo certo para a pessoa certa, uma vez que o perfil dos leads estará bem delineado e direcionado para a decisão de compra.

Portanto, o funil de vendas conduz leads por etapas até a  finalização de uma compra. O principal objetivo é atrair e fidelizar clientes, que se sentirão confiantes e esclarecidos para contratar seus serviços ou adquirir seus produtos.

Como gerar leads para meu negócio?

Após criar um funil de vendas, é preciso definir um plano de ação para trilhar o percurso dos leads. Isso pode ser feito por meio de conteúdo relevante como blog posts, com assuntos e temas de interesse desses clientes em potencial. Assim, um vínculo é estabelecido e você saberá em que momento aquele lead se encontra. Tenha ciência de que todos os estágios do funil são importantes,

É possível também criar um funil de vendas por meio de ferramentas de email marketing, bem como em redes sociais. Vale ressaltar que diversos funis também são uma possibilidade, e quanto mais pontos de entrada um site ou blog tiver, maiores são as chances de capturar cada vez mais leads.

Mais do que gerar volume, é fundamental saber separar cada oportunidade, caso contrário, o grande volume de leads pode ocasionar problemas para a equipe comercial de uma empresa, pois uma gestão ineficaz implica em perda de receita.

Capturar leads é sinônimo de geração de vendas, e administrar seus contatos vai muito além do cadastro: trata-se da manutenção de um relacionamento duradouro de confiança.

 

Dúvidas em relação ao assunto? Deixe um comentário abaixo para que a gente possa ajudar você!

Fonte (www.seomaster.com.br)

,

Economizar na microempresa: 5 passos para chegar lá

Na lista de objetivos para o ano de um empreendedor, um item que se repete sistematicamente é: economizar. Com disciplina, organização e uma pitada de inovação, é possível atingir essa meta sem precisar fazer grandes mudanças na estrutura do seu negócio. Seguindo esses 5 passos, você vai chegar lá!

1-Para economizar, é bom saber o que cortar…
O primeiro passo para economizar em sua pequena empresa é conhecer os custos relacionados ao seu negócio. Faça uma análise de custos e liste custos fixos (como gastos de rotina, pagamentos a funcionários, gastos com energia, internet e água) ou custos variáveis (comissão para vendedores, pagamentos de hora extra, embalagens e rótulos).

Ao manter um histórico com a oscilação desses valores, o processo de buscar alternativas para melhorar os custos será mais fácil. Além disso, é possível saber quais são as despesas muito importantes e quais podem ser cortadas.

Com planejamento e organização, você pensará duas vezes antes de sair por aí cortando gastos que lhe pareçam menos importantes. Registrando essas informações, você vai tomar decisões a partir de dados reais e o “achismo” vai perder espaço. Ou seja, você vai acabar economizando.

Monitorar seus gastos fixos e variáveis vai te dar uma visão clara de como os custos oscilam em sua pequena empresa. Não tome decisões de qualquer forma!

2- Reduzindo o consumo
Agora que você conhece os tipos de gastos relacionados ao dia a dia da sua empresa, chegou a hora de entender o que pode ser reduzido em consumo. Isso não significa apagar luzes, desligar condicionadores de ar ou coisas do tipo, calma.

A depender da necessidade de iluminação dos ambientes de sua loja ou escritório, é possível adotar diferentes tipos de lâmpadas para economizar energia. Substitua lâmpadas por outras que consomem menos, retire aparelhos da tomada e, se possível, encontre alternativas para utilizar determinada máquina ou equipamento apenas uma vez ao longo da semana.

Despesas com telefone e internet também podem ser revistas. A depender do seu campo de atuação, é possível que você precise de mais minutos de ligação para telefones fixos ou celulares, ou então pode ser que você não precise de uma internet tão veloz, por exemplo. Compare preços entre diferentes operadoras e priorize serviços gratuitos de comunicação, como o Whatsapp e o Skype.

Evite alocar despesas no cartão de crédito coorporativo ou compartilhado na sua empresa. Se parece uma praticidade em um primeiro momento, é possível que as taxas cobradas pelos bancos te tragam prejuízos em médio ou longo prazo.

3- Negocie com fornecedores
Negociar bem com os fornecedores é uma necessidade para toda pequena empresa economizar. Sem preços bons, os produtos encalham nas prateleiras e isso significa prejuízo. Para conseguir preços melhores, siga estes passos:

Tenha um plano B para não se tornar dependente do fornecedor;
Conheça os seus limites de preço, prazos ou condições de negócio;
Construa relacionamento com o fornecedor e transforme a negociação num processo de ganha-ganha;
Antes de fazer pedidos ao fornecedor, defina uma estratégia para consegui-los;
Cuidado com a postura corporal: não demonstre ansiedade ou certeza demais;
Não se precipite e dê muitas informações logo no início da conversa.

4- A tecnologia como aliada
A tecnologia pode revolucionar a maneira de lidar com contabilidade, hospedagem de site, serviços de marketing e até folha de pagamento. A automação de processos pode te auxiliar a poupar tempo e, como você sabe, tempo é dinheiro.

Antes de escolher qual ferramenta utilizar, é bom fazer algumas perguntas sobre a maneira que você toca o seu negócio:

Quais processos eu consigo executar sem perder tempo?
Há atividades que têm exigido mais tempo de mim do que eu posso dar?
Se eu pudesse automatizar alguma etapa da minha rotina, qual seria?
Procure ferramentas que possam te auxiliar em tarefas que não são bem a sua praia. Há aplicativos que funcionam como controladores de rotina gratuitos, como o Trello, que não precisam nem ser instalados no computador e possibilitam coordenar a rotina de uma equipe pela internet, de maneira integrada e com discriminação de tarefas por colaborador com datas e etapas do processo.

Há programas de computador desenvolvidos justamente para a aplicação no pequeno negócio que permitem integrar em uma única plataforma informações financeiras, controle de vendas, registro de estoque e fluxo de caixa. Se você ainda não conhece os Sistemas de Gestão Integrada (SGI), é uma boa hora para pesquisar a respeito.

Utilizar tecnologia para automatizar processos é uma maneira de economizar sem grandes investimentos. Sistemas de automação e armazenamento na internet cabem em seu orçamento!

5- Papel para quê?
Os únicos documentos que precisam ser armazenados em sua versão física são aqueles que contêm assinaturas. Todos os demais papéis podem ser armazenados em sistemas de nuvem – quando se armazena dados na internet – a partir da digitalização de documentos!

Essa pequena mudança te permite poupar espaço em seu escritório, economizar com papel e impressões, e ainda vai facilitar o compartilhamento de documentos que precisam ser usados por mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Mas se você ainda não sabe o que é uma nuvem, nós vamos te explicar.

O armazenamento em nuvem utiliza a internet para guardar seus dados em segurança. Em um ambiente virtual, seus arquivos poderão ser acessados a partir de smartphones, computadores ou tablets em qualquer lugar do mundo que tenha acesso à internet. O serviço não custa mais de R$ 60 ao mês e vai facilitar muito a sua vida na hora de trabalhar na elaboração de um contrato de venda ou prestação de serviço, por exemplo.

Ainda é possível armazenar mais dados do que apenas documentos ou relatórios. Informações estratégias e o uma cópia de segurança com o histórico dos exercícios financeiros da sua loja ou empreendimento também podem ser alocados na nuvem, em segurança, para quando for preciso retomá-los. Você não correrá mais o risco de perder seus arquivos para sempre!

Conheça as despesas, corte no lugar certo e invista em tecnologia para economizar
Para economizar em sua pequena empresa, você precisa saber para onde o dinheiro está escoando. Ao conhecer suas principais despesas, fica mais fácil cortar o que não é indispensável e você poderá focar na negociação com fornecedores para diminuir o custo daquilo que impacta diretamente em suas vendas. Com apoio da tecnologia, tudo isso pode ficar mais fácil e economizar vai fazer parte da sua rotina!

Fonte (blog.serasaempreendedor.com.br)

Quanto custa manter uma loja virtual?

Quanto custa manter uma loja virtual?

Olá, amigo leitor! Você que já leu o artigo “Quanto custa montar um loja virtual?” e agora já sabe quanto uma agência de Marketing Digital pode cobrar pelo serviço, chegou a hora de saber quanto custa manter o negócio.

Antes de mais nada é preciso informar que a criação de loja virtual requer a abertura de empresa via Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Saiba mais sobre isso no post:

• Quais os procedimentos legais para criação de loja virtual?

Uma vez que uma loja virtual é uma empresa, a sua operação ao longo do tempo só é possível por meio da quitação periódica de dois tipos de despesas, são elas:

• Despesas fixas

São os custos que não aumentam e nem diminuem em relação ao volume de produção da empresa. Entram nessa categoria o aluguel, a telefonia, a segurança, a limpeza, a vigilância, a manutenção, o provedor, etc.

• Despesas variáveis

São os custos que aumentam ou diminuem em relação ao volume de produção da empresa. Entram nessa categoria as matérias-primas, as comissões de vendas, os insumos produtivos como a água e a energia elétrica, etc.

Os gastos com domínio e hospedagem do site, com o aluguel (em alguns casos) da plataforma e-commerce, com os serviços proporcionados por uma agência de Marketing Digital e por outros fornecedores também devem ser computados ao montante necessário para manter seu comércio eletrônico.

Dessa forma, o custo total para manter uma loja virtual funcionando dia após dia, mês após mês, ano após ano, varia de acordo com o tamanho do projeto.

Sendo assim, as pequenas, médias e grandes empresas terão gastos muito diferentes e proporcionais às suas demandas e amplitude de operação. O importante, no entanto, é adequar os preços de venda dos seus e-produtos de uma maneira que você consiga pagar as contas da sua loja virtual e obter lucro no final do mês.

Fonte: http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/quanto-custa-manter-uma-loja-virtual.html

, ,

Quanto custa montar uma loja virtual?

Quanto custa montar uma loja virtual? Você saberia dizer quanto uma agência de Marketing Digital cobra para fazer este serviço? É o que responderemos para você neste artigo.

Montar um site e-commerce requer menos dinheiro do que montar uma loja física e ainda lhe abre as portas para um negócio muito mais amplo!

Nós separamos os custos de montagem em três tipos, que são os projetos feitos para pequenas, médias e grandes empresas, as quais possuem demandas diferentes. Acompanhe:

• Projetos pequenos

Indicados para pequenos empreendedores e pequenas empresas que procuram os primeiros espaços ou brechas no mercado, os pequenos projetos de criação de loja virtual vêm com funcionalidades básicas de usabilidade, design e segurança. A faixa de preço para implantação vai de R$ 6 mil a até R$ 30 mil.

• Projetos médios

Indicados para médias empresas que já têm um espaço no mercado, mas que agora querem expandir. Eles requerem, além do básico, mais segurança e escalabilidade para sustentar um crescimento rápido. Uma agência de Marketing Digital pode cobrar entre R$ 30 mil e R$ 60 mil em projetos desse porte.

• Projetos grandes

Indicados para multinacionais que precisam de alto nível de sofisticação para superar concorrentes que também são multinacionais. Tal sofisticação passa pelo design, programação, conteúdo, gerenciamento e outras dezenas de parâmetros. A criação de um projeto assim requer no mínimo R$ 60 mil.

A princípio, o preço da criação de loja virtual cobrado por uma agência de Marketing Digital pode parecer alto, no entanto, ele é relativamente baixo quando comparado, por exemplo, com a construção ou com o aluguel de um galpão para uma loja física. Além disso, um e-commerce gera outros benefícios, tais como os que você poderá ler no artigo “7 vantagens de uma loja virtual”.

Fonte: http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/quanto-custa-ma-loja-virtual.html

,

Como e onde investir no Marketing Digital?

O perfil dos consumidores tem mudado nos últimos anos, isso acontece devido a evolução da internet. Hoje em dia é possível fazer inúmeras tarefas utilizando a web, e uma delas é poder comprar sem sair de casa e ainda ter a comodidade de receber o produto em seu lar. O marketing também evoluiu para acompanhar esses clientes, tornando-se mais dinâmico e eficaz, proporcionando resultados satisfatórios.

As empresas perceberam a necessidade de contratar especialistas para trabalhar com o público da web, é nessa hora que entra o Marketing Digital, a evolução do marketing para internet. Entre as funções atribuídas ao marketing digital podemos destacar; definição de estratégias, estudar o perfil dos clientes de acordo com o serviço e produto oferecido pela empresa, conhecer o concorrente, acanhamento dos resultados com relatórios específicos, e com as ferramentas de SEO deixar sua empresa online nas primeiras páginas dos buscadores da internet.

Você pode se perguntar “qual é o momento certo de procurar uma Agência de Marketing Digital? Como investir? Em que investir? ” No momento em que sua empresa se faz presente no mundo virtual, essa é a hora de começar a trabalhar utilizando o Marketing Digital, quanto mais cedo melhor. Isso vai possibilitar você acompanhar de perto a evolução do seu negócio, desde as primeiras análises e saber os pontos que precisam ser modificados.

Depois que contratar uma Agência de Marketing, o próximo passo é saber onde investir, quais ferramentas utilizar. Uma das grandes vantagens da web é o alcance do grande número de pessoas ao mesmo tempo. Do mesmo modo que as pessoas entram nas lojas físicas para se informando valor dos produtos, elas também fazem isso nas lojas online.

A maioria dos consumidores antes de comprar costumam fazer pesquisa de preços, então é preciso deixar sua loja otimizada ou seja fazer com que ela apareça nos buscadores quando os clientes fazem pesquisa de produtos que tem a ver com seu negócio. Para isso você deve investir nas técnicas de SEO, para melhorar seu posicionamento na internet.

Você também pode fazer uso das redes sociais, que tem um grande número de usuários. Nas redes sociais você pode construir um bom relacionamento com seus clientes e atrair novos por meio das postagens.

Outra maneira bacana e eficaz para investir é nos links patrocinados, é uma forma de aparecer nos primeiros resultados de busca. A grande vantagem do link patrocinado é que seu anúncio só vai aparecer para quem realmente está buscando seu produto ou serviço. É possível atingir o público alvo, pois quando o cliente digita o que deseja, o link da empresa relacionada ao assunto digitado, vai aparecer entre as primeiras opções.

O marketing Digital é um trabalho direcionado de acordo com desejo do cliente. Você pode fazer o direcionamento de seus objetivos e o orçamento de quanto pode gastar com essas ações. A internet é o meio de comunicação mais rápido que existe, e uma das formas de encontrar seu público alvo é saber usar a web adequadamente. Campanhas e anúncios feitos para internet tem resultados satisfatórios e ainda é mais barato que a publicidade convencional.

Fonte: http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/356-como-e-onde-investir-no-marketing-digital.html

,

Como ganhar curtidas na minha fan page

Fala galera, antes de começar as Dicas para Ganhar Acesso vou contextualizar um pouco o leitor. As mídias sociais têm o poder de atrair milhares de pessoas para o seu negócio. Sabe quantas pessoas acessam o facebook por mês? Das mídias sociais a que tem um maior número de usuários é o Facebook, que no Brasil chega a 83 milhões de pessoas ativas na rede por mês =O. Isso supera o G+ mas não esqueça que o G+ gera links e tudo mais.

Muitas empresas estão fazendo uso de estratégias de Marketing Digital , mas muitas vezes utilizam estratégias separadas e não integradas. Temos dois métodos:
Pagando para o Facebook e Sem pagar para o Facebook.

O número de curtidas de uma página mostra sua popularidade diante das pessoas. Algumas fan pages são de ótima qualidade, com dicas excelentes, produtos com preços bem competitivos, mas não tem um número de curtidas tão grande, então o que fazer? Como conseguir curtidas para a fã page?

Uma Pesquisa divulgada pela Revista Exame, revela o porque do sucesso de algumas fan pages mais curtidas no Brasil, Nós da Geração Interativa selecionamos alguns passos a serem seguidos. Vejam abaixo:

 

Dica 1 – Horário da postagem

Uma das dicas é não fazer de sua página uma panfleteria online, ficar compartilhando fotos de produtos a todo momento. Faça de sua fan page uma página de utilidade, com notícias positivas, dicas de auto estima, intercale as postagens. Pela manhã os horários que mais convertem são: 6h00, 7h00, 8h00, 10h00, 12h00. Quer saber qual horário na parte da tarde e noite acesse a imagem acima e clique em Qual a melhor hora para postar no Facebook? porque são muitos horários.

Dica 2 – Posts com Links

Publique no Facebook intercalando postagens de imagens e vídeos um Link de seus produtos direcionando com determinado assunto, por exemplo, uma loja de doce pode colocar uma foto bem atrativa por volta das 14:30h dizendo, “está quase na hora do lanche, já resolveu o que vai querer hoje? segue nossa sugestão para sua tarde. ”. Sempre clique em alterar imagem após colocar um link no Facebook e atualize a imagem para o tamanho ideial.

Dica 3 – Promoções restritas para curtidores

Faça promoções atrativas, e para concorrer basta curtir a página e compartilhar a imagem da promoção. Interaja com seus usuários, faça concurso de frases, pode ser uma frase relacionada com seu negócio. Ou de fotos em alguma data comemorativa, tipo dia dos pais, peça que publiquem fotos com seus pais e determine uma regra para as fotos. Além de atrair pessoas, os concursos dão resultado pela competitividade, as pessoas gostam de competir.

Crie uma promoção onde não apenas o seu cliente ganha, mas o amigo que ele marcar também terá direito. Nessas promoções que pede para marcar alguém, basta marcar uma pessoa, não peça para seus seguidores saírem marcando todo mundo. Fica uma postagem deselegante.
Observe o comportamento de seus seguidores, o que eles cometam, suas preferências, nesses detalhes vão surgir ideias.

É importante responder todos os comentários, isso leva tempo e dedicação, seus seguidores irão se sentir importantes, as pessoas gostam de serem bem tratadas nas redes sociais, isso demonstra que você percebeu a existência delas.

Quando as pessoas gostam de um determinado post, fazem questão de compartilhar com amigos, muitas vezes até marcando determinadas pessoas, por saberem que o assunto vai interessar.

Caso não tenha tempo para se dedicar a sua fan page como gostaria, busque ajuda de uma Agência de Marketing Digital, nós somos profissionais habilitados para trabalhar com mídias sociais, e temos mais tempo para desenvolver essa parte da rotina das agências.

Dica 4 – Comprando Curtidas

A melhor dica é essa: Anuncie no Facebook! É muito importante estar onde você não está. Comprar Acessos, comprar mídia é o jeito mais antigo de se fazer dinheiro.
O custo do click é baixo e com R$50,00 você já tem um bom resultado, investindo corretamente você passa a ter mais de 10mil curtidores fácil!
Métodos ilegais de ganhar curtida: Não recomendamos de forma alguma você comprar curtidas, quando se coloca pessoas dentro da sua página que não gostam realmente do produto. Temos um alto índice de Campanhas negativas porque você gera um anuncio pensando que vão comprar, ou pelo menos se interessar, mas como não é exatamente o seu público alvo, você acaba desperdiçando seu click.

 Dica 5 – Compartilhando em Grupos

Não adianta você pegar o link do seu site e copiar em um grupo no Facebook. Escolha um link de postagem e utilize esse link na divulgação. Tente aumentar um link de engajamento, fortalecer esse link. É mais importante do que contabilizar diversos compartilhamentos em imagens separadas. Isso é gratuito, não custa nada. Só seu tempo em buscar grupos bons para divulgar o seu POST. Veja que marco o POST por que o grupo tem que ter a ver com o POST não necessariamente com a página.

Dica 6 – Curta para ver o vídeo ou texto

Conteúdo privado está na MODA, nada melhor do que quando alguém acessa seu site você abre um Pop-Up com um “Oi amigo, me ajuda pelo amor de Deus a ter mais curtidas? Curta minha página e Veja o Texto abaixo”. Isso é uma mensagem automática gerada por um plugin no WordPress ou Joomla e gera uma curtida para sua página. O ideal é você mudar a página que a pessoa está curtindo sem alterar a mensagem. Assim ela curte diversas páginas suas frequentando o seu blog.

Quer comprar curtidas?

O melhor método é o anúncio no Facebook e conseguimos gerar 1.000 ou 10.000,00 curtidas em pouco tempo e com um público realmente interessado no seu produto. Quer como baixamos o custo dos nossos anúncios em até 0,1 centavo o click?  Envie um e-mail para gente. Obrigado e se você gostou desse artigo ou se ele te foi útil. Curta nossa page. =)

 

Curso Facebook Ads para Afiliados 3.0

Se você está buscando um curso novo sobre marketing digital e que também fale mais sobre curso de Facebook Ads te recomendo fortemente que você compre o curso do Carlo Bettega, que engloba muitos pontos que você pode economizar nas suas campanhas, chegando a menos de 1 centavo o click.

O curso custa menos de R$500,00 e você ainda tem suporte do autor e bonus com outros produtores, vale a pena conferir. veja o link abaixo:

Fonte: Geração Interativa
(http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/335-como-ganhar-curtidas-na-minha-fan-page.html)

,

O que saber sobre criação de site?

Se você está pensando em criação de site essa matéria é para você. Se você já tem um site e pensa em dar um upgrade nele ou tornar ele responsivo, vou deixar outras dicas para você no final do artigo.

O primeiro ponto antes de pensar em ter um site é pensar no objetivo dele. Qual é a funcionalidade que você precisa no seu site para cumprir o objetivo alvo. Preciso de uma página de captura, de um site que venda online, de uma loja virtual. Ou melhor, estou pensando na criação de um site institucional, mas que também tenha opção de agendamento online por skype.

Para cada tipo de objetivo existe uma ferramenta certa. É como um jogo. Você precisa saber qual campeão usar para derrotar o inimigo. Acho que por isso que a gente ama o marketing digital. Por que parece um jogo!

Se você reparar o site da maioria das agências de marketing digital são em WordPress. Foi isso que fez a nossa agência de marketing sair do site em Joomla e antes disso do site em CSS para o WordPress. Isso significa que a maioria dos clientes dessas agências também é criado em wordpress. Então a partir daí já temos um parâmetro de qual ferramenta dar mais atenção nesse artigo.

Falaremos de WordPress. Gente falar de criação de sites e não falar em WordPress.. tá ligado né? Sei que os desenvolvedores vão me xingar e falar que o HTML é melhor ou que o PHP é melhor, mas uma coisa que ambos vão concordar comigo é. O WordPress é mais fácil! E ai a gente já mato a jogada. Se temos uma ferramenta que vai proporcionar o melhor custo benefício entre horas de programação e layout do jeito que você quer, por que não usar o WP? É como comprar um item para o seu campeão que custa menos ouro. Falei que era um jogo?

Falando em jogo, vamos falar de um jogo chamado Benchmarking (ou análise de concorrentes). E como jogar com seus concorrentes é divertido. Se você está no processo de criação de site novo a segunda coisa que você tem que fazer é analisar seus concorrentes. Veja tudo o que eles oferecem e se proponha a fazer no mínimo igual ou melhor. Se eles tem chat online você tem que ter também. Se eles tem um layout bacana vocês tem que ter também!

É um jogo de superação e você pode anotar tudo isso. Com isso você terá um briefing de um site show de bola, e se você não quiser fazer só. Eu faço pra você! Isto é.. minha empresa faz=D. E faremos o melhor site possível, pode acreditar! Voltando ao como você mesmo faz (não é wix rsrsr). Você vai ter em mãos um conteúdo bacana. E esse conteúdo você irá dividir em URLS!!!!! Veja quantas exclamações. É por que é importante. Você tem que ter um mapa do seu site. O meu é tipo assim:

  • Home
  • Quem Somos
  • Serviços
    • Criação de Sites em SP
    • Gestão de Links Patrocinados
    • Social Media
  • Blog
  • Contato

Veja que tenho oito paginas e cada página fala de um tema específico e uso o meu blog para criar conteúdos como esse “Criação de sites” e direcionar links para essas páginas. =D Viu que show de bola? Isso é uma estratégia de Link Build.  Para melhorar só se eu adicionar mais palavra chave no texto tipo criação de sites na zona norte de sp, etc.

Se você está lendo e não está entendendo nada, liga pra gente que eu te explico. Resumindo: Escrevi todo o parágrafo acima pensando no SEO da página.

Você precisa urgentemente assim que começar a criação do seu site instalar o Google Analytics e configurar as tags de remarketing. Normalmente eu costumo criar o site protegido e já no domínio principal. Sendo assim vou captando quem tenta entrar na URL e já deixo o remarketing populando para criar uma campanha assim que lançar o site.

O Google Analytics é fundamental para você criar filtros entre as páginas e ver de onde vem a conversão. Da pra você ver por onde você recebe e-mails, quantas pessoas clicam em cada coisa e um monte de coisa.

Todos as páginas do seu site devem conter: formulário de contato, chamadas de ação, quebra de barreira com soluções para a dúvida do seu cliente, um chat online se possível e de preferência um conteúdo com densidade boa de palavra chave.

RESUMO DO TEXTO:

Quer começar bem?

  • Faça um site em WordPress
  • O site tem que ter formulário, chat online e densidade de palavra chave
  • A URL do site deve ser otimizada
  • O site deve ser responsivo
  • Instale o All In One SEO
  • Instale o Google Analytics Dashboard
  • Crie campanhas de remarketing
  • Trabalhe seu BLOG e Redes Sociais
  • Use o Google+ para Indexar.

Gente isso é resumo do resumo do texto criação de sites se você quiser ler o conteúdo todo vale a pena e se quiser conversar com quem escreveu ligue aqui na agência que você deve ter percebido que a gente gosta de conversar.

Já tenho um site e quero dar um upgrade

Se você já tem um site e está pensando em dar um upgrade, não vá simplesmente apagando tudo e criando um novo. Veja as dicas que vou te dar para ranquear melhor esse site usando informações dos concorrentes e do seu histórico como URL e conteúdo base.

O ponto mais importante é manter a URL. Se você tinha um site .php ou .html não mude para um .css e vai achando que só o redirecionamento 301 vai dar jeito. Você mata 50% do seu score apagando as informações das URLS internas. Você precisa manter a mesma estrutura. Mesma base de URL www.seusite.com.br/urlpersonalizada. (seja lá a extensão que for).

Fiz um teste no meu site. Cai várias posições e voltei colocando o .html no final da URL. Como também caí quando coloquei o HTTPS. Veja que meu site em WordPress tem como padrão quando você cria o final da url  www.seusite.com/urlpersonalizada/ (é um /do nada e encerra a url) e eu mudei para www.seusite.com/urlpersonalizada.html justamente porque meu site antes em Joomla era em HTML e eu queria honrar as urls. Com isso mantive o número de curtidas e comentários e links na página. Então tenho páginas construídas desde 2010 quando fiz o primeiro site só que remodeladas constantemente. Isso faz com que eu seja sempre o primeirão da orgânica como agência de marketing digital em SP ou no máximo terceiro ou segundo. Da primeira página a gente não passa.

Tudo por que tenho um histórico bacana junto as modificações para a experiência do usuário e isso vocês já devem ter ouvido falar muito. Experiência do usuário é um ponto fundamental para ter um resultado show de bola no Google. Velocidade do site, navegação e conteúdo. São três combinações boas.

Eu escrevo de mais sobre os temas, queria saber resumir mais ainda, mas acho difícil. Existem diversas opções para você que quer melhorar seu posicionamento ou aumentar as conversões do seu site. E eu adoraria explicar mais, mas tenho medo que o texto fique ainda maior. Assim que possível publico um vídeo explicando e se você tiver mais dúvidas, ligue pra gente que te passamos mais informações sobre criação de sites em São Paulo.

Caso você gostaria de uma proposta de criação de site entre em contato por telefone ou chat. Uma ótima semana.

Fonte: Geração Interativa
(http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/criacao-de-site-em-sao-paulo.html)

,

Marketing digital para pequenas empresas

Se você precisa de algumas dicas de marketing digital para sua empresa, fique tranquilo. Vou te ajudar! Espero não ser cansativo, mas vou tentar passar o máximo de informações possíveis nesse texto. Caso você tenha alguma dúvida, por favor, entre em contato com a nossa agência de marketing digital.

Se você é MEI ou Simples Nacional essa matéria é para você! Vou te ensinar como investir em marketing digital e ter retorno de investimento. Tudo vai depender de um bom planejamento de marketing digital. Caso precise de alguma ajuda com o seu planejamento click no link.

Normalmente quando somos uma empresa “pequena” não temos um capital alto para investir ou muitas vezes não dispomos de dinheiro por um longo período de tempo. E isso acaba atrapalhando que a gente inicie o trabalho de marketing digital, pois parece realmente difícil iniciar sem preencher esse requisito “orçamento mensal” (budget) que todas as agências de marketing perguntam.

Não esqueça que o planejamento é o ponto mais importante para medir o retorno de investimento. E para medir o retorno de investimento basta você fazer uma continha: (lucro) – (Valor Investido) = Retorno de Investimento ROI.

E para aumentar o retorno de investimento? Para aumentar o retorno de investimento, você terá que reinvestir onde dá mais certo. Com o Google Analytics nós podemos saber por qual canal que foi realizada a venda, se foi pelo GoogleFacebookYoutube, links patrocinados ou se foi acesso orgânico. Pode parecer grego o que estou falando, mas todos esses canais são formas de se gerar acesso qualificado para o seu site.

E é por meio de acesso qualificado que nós conseguimos transformar esses leads em conversão. Uma ótima estratégia de marketing digital para sua pequena empresa é instalar as Tags de Conversão Google Analytics, elas te possibilitam entender mais seu acesso e de onde podem acontecer mais vendas.

Até essa parte do texto você deve ter entendido que:

  • Instalar as Tags de Conversão do Google Analytics é fundamental
  • Ter um planejamento para alguns meses é o mais importante, então respeite o fôlego de investimento da sua empresa.

Onde uma pequena empresa pode investir?

Eu recomendo sempre melhorar seu posicionamento orgânico, por que ai você não vai depender tanto de anúncios. Agora se você precisar de retorno rápido, comece o Google Adwords ou Facebook Ads, procure por Gerenciamento de Links Patrocinados.

Outra dica de marketing digital para pequenas empresas é aproveitar que não possui tanto orçamento pra concorrer com as grandes e trabalhar mais o lado Empresa/Consumidor (b2c), quanto mais você estreitar essa relação e se tornar próximo do seu cliente, mais fácil para vender o seu serviço ou produto pelo Facebook de forma orgânica.

Procure trabalhar seu BLOG com dicas de interesse do seu público alvo. Publique no Facebook, Instagram, Twitter e sempre que possível compre anúncios em display (Google Adwords). Os anúncios da rede de display são mais baratos que na rede de pesquisa.

Provavelmente sua mente deu um nó se não está acostumado com esses termos, caso tenha alguma dúvida sobre algum termo procure em nosso blog ou solicite ajuda em nosso chat.

Anúncios Baratos para Pequenas Empresas

Anunciar na internet é muito simples. Com as Tags do Google Analytics instaladas, conseguimos medir de onde vamos realizar a venda ou preenchimento de formulário, certo? Então basta testar diferentes plataformas e ferramentas que geram ACESSO QUALIFICADO. Lembrem dessa palavra.

Veja algumas dicas de onde investir:

  • Google Adwords (display)
    Se você vende serviços ou produtos, use essa rede para ter anúncios baratos no Google. Você vai anunciar banners na: Folha, Estadão, Terra, Sites de Notícia, Blogs, Youtube, etc.
  • Anúncios no Google Shopping
    Se você tem uma loja virtual integre-a agora com o XML do Google e venda pelo Google Shopping. É a rede de maior CONVERSÃO para a maioria dos E-commerces (além dos market Places claro).
  • Anúncios no Facebook Ads
    Muita gente tinha receio de criar anúncios no Facebook, porém pra muita gente tem se tornado a salvação. Com um custo baixo por click o Facebook acaba sendo uma ótima oportunidade de ter acessos a um custo baixo.
  • Anúncios de Remarketing
    Está precisando melhorar sua conversão? Invista em remarketing e trabalhe o público que já acessou seu site. Em breve você verá os banners da minha agência de marketing digital, afinal nós fazemos remarketing pra gente também. ; )
  • SEO – A Otimização nunca Morre
    Estar entre os primeiros no Google é um desafio, sua empresa, seja pequena ou grande, precisa trabalhar seu site constantemente. E isso te ajuda a ter orçamentos sem custo nenhum, aumentando também o seu índice de qualidade das campanhas.

Caso você tenha dúvidas como o que fazer com R$1.000,00, R$500,00, etc.. Vou deixar algumas considerações finais de onde uma empresa com orçamento limitado pode investir para começar a ter algum retorno de investimento.

Investindo em Marketing Digital para Pequenas Empresas R$1.000,00

  • Recomendamos investir em SEO e trabalhar anúncios como seu remarketing.
  • Ou divida o dinheiro em anúncios e SEO.
  • Se precisar de acessos qualificados e seu site já estiver otimizado pronto para vender, invista apenas em anúncios. Se precisar de ajuda solicite em nosso chat.

Investindo em Marketing Digital para Pequenas Empresas R$500,00

  • Eu investiria apenas em SEO durante o tempo necessário para ter um posicionamento orgânico bom e criar anúncios baratos.
  • Criaria campanhas de Display, Facebook ou Youtube, onde o custo do click é abaixo de 40 centavos.

Lembre que essas são ideias de orçamento, mas é necessário fazer uma avaliação do seu site para ver o que é necessário para você se igualar e depois ultrapassar a concorrência. Cada empresa possui uma combinação de serviços de marketing digital para ter retorno de investimento positivo. Teste diferentes tipos de buscar acesso qualificado e avalie tudo pelo Google Analytics

Eu adoraria escrever mais sobre o assunto e oferecer maiores dicas de como melhorar o retorno de investimento que a sua pequena empresa tem com a internet, mas infelizmente o texto vai ficar muito comprido e vai te tomar muito tempo.

Então caso tenha alguma dúvida coloque nos comentários, que responderei o mais breve possível, ou entre em contato com nossa agência de marketing digital para um orçamento. Se precisar de ideias de cursos de marketing digital ou consultoria em marketing digital, liga pra gente que nós te indicamos.

 

Fonte: Geração Interativa (http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/marketing-digital-para-pequenas-empresas.html)

,

O que uma Agência de Marketing Digital faz?

“Preciso contratar uma agência de marketing digital”, essa é uma expressão que vem ganhando bastante força nos últimos anos. Mas afinal o que faz uma agência de marketing digital? Porque os serviços oferecidos por essas empresas são tão importantes?

Agências de marketing digital são empresas que foram criadas a partir da necessidade do mercado online. Com a propagação da internet as pessoas começaram a consumir cada vez mais produtos e serviços através da web, e devido a esse consumismo as agências de marketing digital surgiram para facilitar as ações entre clientes e empresas.

As agências de marketing digital recebem um desafio, de fazer empresas conhecidas no mercado online, em um mundo cheio de concorrentes onde a tecnologia está cada vez mais ao alcance de todos. Tudo isso aliado a um diferencial, proporcionar um elo entre cliente e empresa, não basta apenas ter o cliente no momento da compra, ele deve se sentir atraído em acompanhar a empresa, para contribuir com seu crescimento.

 

Desenvolvimento de site

Quando site é desenvolvido por agências especializadas, fica muito mais fácil colocar em prática as ações de SEO, pois o site terá toda uma estrutura planejada para ser ranqueado pelo Google. O layout será feito de acordo com o perfil da empresa, cores adequadas sem chamar atenção indevida.

Gerar conteúdo de qualidade

Conteúdo que sejam relevantes para o cliente é um dos principais fatores para o sucesso de um site ou blog. As pessoas têm que se sentirem atraídas para visitar sua loja, fan page ou qualquer mídia social em que esteja presente. Nada melhor que assuntos de utilidade, que possam ajudar de alguma maneira, ou que traga esclarecimentos. Os profissionais do marketing digital, além de escolherem os assuntos mais adequados para cada cliente, utilizam palavras chaves nos textos, para ajudar na otimização do site.

Uso das Palavras Chaves ou KeyWords

As palavras chaves são muito importantes no trabalho realizado pelas agências de marketing digital, elas estão relacionadas diretamente com sua empresa e são responsáveis em levar o site a ser visualizado nos motores de busca.

As KeyWords vão ajudar na otimização do site, empregando as técnicas de SEO.

Utilizam a técnica (SEO) – Search Engine Optimization

São métodos usados pelo Marketing Digital para aprimorar o posicionamento de um site, deixando ele nas primeiras páginas do Google.

Monitoramento das redes sociais

Esse serviço oferecido pelas agências de marketing digital, tem tido uma procura muito grande nos últimos tempos. Não basta apenas se fazer presente nas redes sociais, é preciso saber se comportar diante dos consumidores. Veja o porquê as redes sociais devem ser administradas preferencialmente por profissionais de marketing: Acompanhar os comentários; responder todas as postagens que tenham dúvidas sobre o seu negócio; resolver uma possível crise; postar conteúdos relevantes; evitar propagandas excessivas pois isso cansa as pessoas.

Administrar publicidade no facebook

O facebook tem sido um forte aliado para as empresas, devido seu grande número de usuários, seja através de maneira orgânica ou campanha paga.

As agências de marketing digital também oferecem esses serviços como:

Link patrocinado que é uma publicidade paga usada para direcionar sua empresa ao público-alvo de acordo com a palavra-chave ligada ao seu negócio.

Remarketing – O cliente visita sua página mas não finaliza a compra, logo ele vai receber anúncios na timeline da rede social, daquele produto que ele se interessou mas não comprou, isso aumenta suas chances de conversão.

Desenvolvimento de campanhas em mídias digitais

Todas as campanhas publicitárias necessitam de um planejamento, é preciso saber quem são os concorrentes e conhecer o público alvo, para então ver quais serão as melhores estratégias a serem utilizadas.

Acompanhamento e definição de métricas para avaliação das ações

Saber quem são as pessoas que vistam sua loja, quem são os clientes que não finalizaram compras, taxa de conversão, taxa de rejeição. Todos esses dados são necessários para saber como a empresa deve prosseguir, onde estão os erros, como podem ser os acertos.

Esses são os principais serviços que as agências de marketing digital oferecem para garantir o sucesso de um negócio online. Elas trabalham com profissionais capacitados de vários setores, como publicidade, marketing, jornalismo, web designer. Cada um exerce uma função específica, mas todos com mesmo objetivo, proporcionar satisfação ao cliente que contratou o serviço.

 

Fonte: Geração Interativa
(http://geracaointerativa.com.br/noticias-marketing-digital/375-o-que-uma-agencia-de-marketing-digital-faz.html)